CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Poeta Irineu Baroni
Simples assim, como a vida...
Textos

...FUGA
 
 ... A saudade bateu em minha porta e derramou-se na tristeza dos meus olhos. Sucumbi aos desejos de tê-la em meus braços, quebrei tabus, rotinas e parti à sua procura...

Meu coração bate forte: A emoção se mostra na falsa e aparente calma dos meus gestos. A espera é tortura que rasga e dilacera meu peito.
Na esquina da rua, da vida, de nosso pulsar descontrolado, vejo-te caminhando um caminhar determinado, encorajado pelos desejos ardentes de seu coração. Acelero o carro e a mim mesmo.
Num piscar de olhos e sem se importar, esqueço tudo e todos; o lugar e as conseqüências. O temor e o medo desaparecem como mágica diante do primeiro beijo. Um doce e apaixonado beijo, dado naquele momento; talvez o último de nossas vidas.
Nossas mãos tremem e molhadas de suor aceleram a vida em direção incerta.
Atravessamos ruas, vielas e praças, derrapamos na areia da praia e rimos como duas crianças fugindo para um esconderijo de suas vidas secretas... Os pneus na água da chuva e a canção no rádio a tocar ajuda-nos na procura de um lugar sossegado que acalme nosso desassossego.
A tensão aumenta diante do risco...
Parados diante dos desejos não temos tempo de conversar... Ah! Conversar como tanto queríamos, mas, no momento só falamos a linguagem do amor. O carinho, o toque sutil em tua pele, as caricias em teu cabelo, que por tanto tempo sonhei em tocar, o roçar carinhoso dos lábios, o beijo ardente, o abraço apertado, sem jeito; sentados no banco do carro transportamo-nos a um mundo de sonhos possíveis.
Vontade meu amor de deitar-te em meu colo e acariciar-te dia após dia, sofregamente, demoradamente, apaixonadamente e perder a noção do tempo, deixando-o tornar-se eterno.
Gostaria sim, de dizer-te tudo aquilo que guardei para falar todo esse tempo, mas não tivemos tempo. Gastamos todo tempo em carícias e emoções que estarão guardadas enquanto vivermos. Foi melhor assim...
Vivemos em breves momentos toda a intensidade do nosso amor e desejos contidos... Acendemos ainda mais o fogo da paixão que move nossas almas... Quero-te muito...
Ao descer do carro, partiste, levando contigo uma parte de mim, a mais preciosa, o meu coração; e deixaste comigo um pedaço de ti, recheado de perfumes, carícias, abraços, beijos e um imenso desejo de ficar.
Você foi... E distanciando-se entendi que podemos superar a distancia, pois ela é finita; mas nunca matar os desejos e o amor, pois são infinitos...
 
... Acordei com a lua prateada beijando meu rosto com um largo sorriso de curiosidade. Talvez quisesse pra ela esse sonho de amor perdido nessa madrugada enigmática.
Voltei a dormir um sono profundo e acordei na manhã seguinte nos braços da mulher amada...
Irineu Baroni
Enviado por Irineu Baroni em 03/05/2009
Alterado em 22/05/2010

Música: Prelúdio opus 34 no. 3 - Chopin

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários